Destinos Europa Florença Itália

O que fazer em Florença: roteiro de 2 dias | Itália

Capital da Toscana, Florença é uma das cidades mais bonitas da Europa.  É difícil não se encantar pelas suas pontes e ruas medievais, pela arte e arquitetura renascentista e pela deliciosa comida italiana. Florença foi um centro comercial e financeiro importante da Europa medieval e é considerada o berço da renascença. Desde 1982 o centro histórico da capital é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO. Caminhar por essa área é ver de perto a arte e a arquitetura renascentista através de monumentos, museus e galerias de arte.

O que não falta em Florença são atrações culturais e belas paisagens. Confira abaixo o meu roteiro de viagem com o que fazer em Florença, que inclui lugares como a Piazzala Michelangelo, a Catedral Santa Maria del Fiore, a Ponte Vecchio, a Ufizzi Gallery e muitas outras atrações.

Confira abaixo as melhores atrações de Florença:

1. Ponte Vecchio

A bela Ponte Vecchio é um dos principais cartões postais de Florença. Suspensa sobre o Rio Arno, a ponte medieval conta com inúmeras lojas especializadas no comércio de joias. Localizada no coração do centro histórico de Florença, você certamente cruzará essa ponte icônica muitas vezes enquanto explora a cidade.

ponte vecchio - florença - toscana - italia - turismo

2. Praça da Senhoria (Piazza della Signoria)

A histórica Piazza della Signoria foi palco da vida política de Florença desde o século 14. Essa bela praça reúne história e arte em poucos metros quadrados, sendo muito popular entre os turistas. Visite o Museu do Palazzo Vecchio, que foi a casa da família Medici, e confira estátuas famosas na galeria Loggia dei Lanzi. Você também verá duas estátuas imponentes na praça, o popular David de Michelangelo e Hércules & Caco do Bandinelli. No entanto, vale destacar que a estátua do David que está na praça é um réplica, já que a original foi transferida para a Galleria dell’Accademia para ser preservada.

piazza della signoria - florença - toscana - italia - turismo

3. Museo di Palazzo Vecchio

O Museu di Palazzo Vecchio é um lugar rico em arte e história com ruínas romanas, uma fortaleza medieval e quartos decorados com pinturas renascentistas. O Palazzo Vecchio é um projeto do arquiteto Arnolfo di Cambio e a sua construção teve início em 1299. Por volta de 1540 a família Medici decidiu transformar o palácio em sua residência e para isso fez reformas tanto no exterior quanto na decoração interna. Confira câmeras institucionais, apartamentos e terraços decorados por artistas consagrados como Michelangelo, Giorgio Vasari e Donatello.

Uma das principais atrações do Museo di Palazzo Vecchio é o Salone dei Cinquecento, que começou a ser construído em 1494. Encante-se com um salão imponente com frescos nas paredes e no teto, estátuas e adornos decorativos de ouro.

david - michelangelo - florença - toscana - italia - turismomuseu di palazzo vecchio - florença - toscana - italia - turismomuseu di palazzo vecchio - florença - toscana - italia - turismo

4. Loggia dei Lanzi, a galeria no coração de Florença

A galeria a céu aberto Loggia dei Lanzi, desenhada no estilo renascentista por Orcagna em 1376, reúne esculturas de artistas consagrados como Cellini e Giambologna.

loggia dei lanzi - florença - italia - toscana

5. Uffizi Gallery

Aberto ao público desde 1769, o Uffizi Gallery é um dos museus de arte mais consagrados do mundo. Visite o museu para ver de perto as obras dos pintores góticos Giotto e Cimabue; dos renascentistas Paolo Uccello, Masaccio e Piero della Francesca e de muitos outros artistas talentosos. No maior salão do museu estão expostas as pinturas incríveis do artista Sandro Botticelli.

6. Mercato del Porcellino

Localizado na Piazza del Mercato Nuovo e aberto ao público diariamente, o Mercato del Porcellino é um ótimo lugar para comprar produtos italianos. Lá você encontra bolsas, casacos, luvas, cintos e carteiras de couro, mantas, camisetas, jóias, itens de decoração para o lar e muito mais.

mercato del porcellino - florença - italia - toscana

7. Jardim das Rosas (Giardino delle Rose)

A caminho da Piazzale Michelangelo você irá passar pelo Jardim das Rosas, que foi planejado em 1685 pelo mesmo arquiteto, o Giuseppe Poggi. É um ótimo lugar para relaxar, fazer um piquenique e curtir um pouco da vista panorâmica de Florença, com o icônico Duomo em destaque.

giardino delle rose - florença - italia - toscana giardino delle rose - florença - italia - toscana

8. Piazzale Michelangelo – uma das melhores vistas de Florença

Quer curtir uma bela vista panorâmica de Florença? Então você não pode deixar de passar na Piazzale Michelangelo, certamente uma das minhas atrações favoritas na cidade. Planejada pelo arquiteto Giuseppe Poggi, a praça foi construída em 1869 em um morro ao sul do centro histórico da capital. Lá do alto é possível apreciar alguns dos pontos turísticos mais bonitos da cidade, como a Ponte Vecchio, o Duomo da Santa Maria del Fiore, o Palazzo Vecchio, o Rio Arno e muito mais.

Para chegar no alto do morro  basta subir as rampas a partir da Piazza Giuseppe Poggi. O percurso é bem tranquilo, podendo ser feito a pé.

piazzale michelangelo - florença - italia - toscana piazzale michelangelo - florença - italia - toscana piazzale michelangelo - florença - italia - toscana

9. Jardins Boboli

O Boboli Gardens é um belíssimo jardim e um verdadeiro museu a céu aberto em Florença, contando com árvores centenárias, esculturas, fontes e o Palazzo Pitti. Construído no século 15, os jardins passaram por reformas e expansões realizadas pelas famílias Medici e Lorraine entre os séculos 17 e  19. O design original foi criado por Niccolò Tribolo, embora a obra final tenha sido concluída por outros arquitetos após a sua morte em 1550. A propriedade pertenceu originalmente à família Borgolo, tendo sido comprada por Luca Pitti em 1418. Mais de 100 anos depois se tornou a residência da família Medici.

boboli-gardens-AMPHITHEATRE-florença-itália
Comece o passeio percorrendo o Amphitheatre, no Boboli Gardens em Florença.
GIARDINO DEL CAVALIERE - boboli-gardens-florença-itália
Passe no jardim de rosas Giardino Del Cavaliere, com uma bela vista para os campos verdes da Toscana.

10. Palazzo Pitti

Construído originalmente em 1457 pela família Pitti, o Palazzo Pitti foi lar da família Medici, sofreu inúmeras reformas e hoje reúne vários museus em sua propriedade. Visite o local para ver a Galeria do Palatino com pinturas dos séculos 16 e 17; o Tesouro dos Grandes Duques com uma coleção de pertences dos Medici; a Galeria de Arte Moderna com obras da Toscana nos séculos 19 e 20; o Museu de Porcelana; o Museu do Traje e da Moda com uma coleção que revela os últimos 300 anos da moda. Para visitar todos esses museus você pode comprar um bilhete único. A única exceção é o Museu da Porcelana, pois é a sua entrada é junto com os Jardins Boboli e os Jardins Bardini.

11. Jardins Bardini

A Villa Bardini fica ao lado dos Jardins Boboli e pode ser visitada com o mesmo ingresso. Nos Jardins Bardini é possível percorrer uma escadaria no estilo barroco, curtir uma vista panorâmica de Florença, conferir um jardim inglês e plantações de oliveiras. Lá você encontra também um bistrô para relaxar e tomar um café ou comer.

12. Catedral de Florença: Santa Maria del Fiore

É impossível visitar Florença e não ver na paisagem o famoso Duomo (cúpula) da Catedral Santa Maria del Fiore. Coberta em mármore decorativo nos tons de branco, rosa e verde, a Catedral de Florença começou a ser construída no século 13, mas levou dois séculos para ser finalizada. O Duomo no estilo renascentista, que acabou virando cartão postal da cidade, foi desenhado por Filippo Brunelleschi e incorporado à catedral gótica apenas no século 15. A entrada na Catedral é gratuita, mas prepare-se para enfrentar filas. Se você quiser ver o interior do Duomo com os alfrescos de Georgio Vasari e de quebra ainda apreciar uma bela vista panorâmica de Florença, será necessário comprar ingresso e subir 463 degraus.

 

13. Basílica Santa Maria Novella

A igreja Santa Maria Novella, que fica perto da estação de trem de Florença, foi a primeira grande basílica construída na capital. Projetada por dois Frades Dominicanos, a igreja foi erguida entre os séculos 13 e 14.

Basílica Santa Maria Novella - florença - italia

Quantos dias ficar em Florença?

Você consegue visitar esses 13 lugares imperdíveis em Florença em cerca de 2 ou 3 dias, dependendo do seu ritmo. No entanto, como a região da Toscana é belíssima e cheia de cidades interessantes, sugiro um roteiro de 5 ou 6 dias por lá  com passeios bate e volta para as cidades de San Gimignano, Siena, Pisa e Luca. Se for esticar ainda mais a viagem, ao norte de Florença você pode visitar Veneza, Verona e Bolonha; e Roma ao sul.

Quando visitar Florença?

Eu estive lá na primavera, no mês de maio, e achei o clima ideal. Todos os dias estavam ensolarados e a temperatura girava em torno de 25 graus. No entanto, acredito que o outono e até o inverno  sejam boas épocas para visitar a capital da Toscana. Como os verões são quentes e a cidade não é litorânea, eu tentaria evitar essa época.

Confira o meu roteiro completo na Toscana:

Roteiro na Toscana: Florença, Pisa, San Gimignano, Siena e Lucca

Descubra outros destinos:

Roteiro de 10 dias na Turquia: Istambul, Capadócia e litoral

O que fazer em Lima – Descubra as melhores atrações da capital peruana

 

2 comentários

    1. Olá Cristiandjelle! Obrigada pelo seu comentário 🙂 Eu criei o blog já faz mais de um ano, mas só agora consegui tempo para começar a trabalhar mesmo nele e criar conteúdo. Espero que você goste e siga acompanhando ;*

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: